perfume-bottle-azzedine

O MEU PERFUME

“CRIAR UM PERFUME É COMO FAZER UMA CONFIDÊNCIA A UMA MULHER,
É COMO ROUBAR OS SEUS PENSAMENTOS SOBRE O FUTURO
E FUGIR ANTES DE ELA SE VIRAR.

É TAMBÉM SABER QUE, NESSE PRECISO INSTANTE, AS PALAVRAS DO MEU SEGREDO
JÁ NÃO SERÃO AS MESMAS... O MEU PERFUME NÃO É RAZOÁVEL,
FAZ MENTIR O TEMPO.

SONHEI-O COMO O ARQUEÓLOGO SONHA COM ESSAS ESCULTURAS ANTIGAS
ENTERRADAS NO MAR HÁ MILÉNIOS
E CUJA PERFEIÇÃO FÍSICA SÓ TEM IGUAL NO CORPO
DAS MULHERES DOS DIAS DE HOJE,
ESSA BELEZA IDEAL DA INTEMPORALIDADE.

O MEU PERFUME VEM DE LONGE, É UM PERFUME FONTE.

NÃO TESTEMUNHA QUALQUER ÉPOCA EM PARTICULAR,
MAS EMOÇÕES DE TODAS AS ÉPOCAS, NÃO CHEGA DE NENHUM PAÍS
PORQUE OS ATRAVESSOU A TODOS, NÃO REVELA NENHUMA ESTAÇÃO
PORQUE AS HABITA TODAS.

O MEU PERFUME EMANA DO ENCONTRO DE TODOS OS MEUS PRESENTES,
DE UM TEMPO QUE EU PRÓPRIO NÃO SOU CAPAZ DE NOMEAR E SÓ ELES SABEM ENUNCIAR
OS SENTIMENTOS QUE A SUA CRIAÇÃO ME DESVENDOU.

O MEU PERFUME ACOMPANHA O TEMPO,
POSSUI A INSOLÊNCIA DE UM ETERNO PRESENTE.

UM PERFUME SIMULTANEAMENTE DO DIA E DA NOITE,
O MEU PERFUME É A ARQUITETURA COMPLEXA DAS MINHAS SENSAÇÕES
MAIS PARADOXAIS, AS QUE ME FORAM OFERECIDAS
PELOS BELOS ENCONTROS DA MINHA VIDA.”

AZZEDINE ALAÏA

flacon-perfume

A BELEZA COMO UM ABSOLUTO

INEVITÁVEL E SERENAMENTE, EM POUCAS DÉCADAS, NA CHARNEIRA ENTRE O SÉCULO XX
E O SÉCULO XXI, AZZEDINE ALAÏA IMPÔS-SE NO MUNDO DA MODA COMO O
CRIADOR DE CULTO POR EXCELÊNCIA. MAS COMO ENCARAR O SEU UNIVERSO, COMO ABORDAR
O SEU MITO SEM EVOCAR A VOZ DE CHARLES BAUDELAIRE?

Sou bela e ordeno
Que pelo amor que me tens não ames senão o Belo.

NO SEU TEMPO, O POETA CELEBRAVA COM FULGOR O PODER ABSOLUTO DA MULHER.
ALAÏA, PELO SEU LADO, IMPONDO A BELEZA COMO UM ABSOLUTO, TORNOU-SE PARA TODOS NÓ
S O REVELADOR DA MULHER DO NOSSO TEMPO. COMEÇÁMOS POR ADMIRAR, DESLUMBRADOS,
UMA SUCESSÃO DE PEÇAS DE VESTUÁRIO INTEMPORAIS, DE CORTE IMPECÁVEL, AO MESMO TEMPO CLÁSSICAS
E ARROJADAS: VESTIDOS JUSTOS OU RODOPIANTES, TAILLEURS ESTRUTURADOS, ESPARTILHOS
PERFURADOS EM QUE, JOGANDO COM OS FECHOS-ÉCLAIR, OS COUROS, AS MALHAS, AS MUSSELINAS,
ELE SE EXPRIMIA COM UM VIRTUOSISMO DE MESTRE, NUM CONTRASTE IMPRESSIONANTE ENTRE
PRECISÃO ARQUITETÓNICA E REFINAMENTO VOLUPTUOSO.
SUBLINHANDO O BUSTO, A CINTA, AS ANCAS, ALAÏA REDESENHAVA O CORPO FEMININO,
ENGRANDECENDO-O COMO UMA ESCULTURA ANTIGA: INSISTINDO NA SENSUALIDADE DAS CURVAS,
REVELANDO O PODER DAS FORMAS, CONFERINDO À MULHER UM NOVO ESTATUTO,
O DE DEUSA DOS TEMPOS MODERNOS.

EM SEGUIDA, ASSOCIÁMOS O SEU ESTILO DE BELEZA ABSOLUTA AO PRESENTE: AS IMAGENS DOS MANEQUINS
QUE ELE DESCOBRIU EM TODAS AS SUAS MEMÓRIAS. QUEM NÃO SE RECORDA DE NAOMI CAMPBELL,
STEPHANIE SEYMOUR, LINDA EVANGELISTA, VERONICA WEBB, LINDA SPIERINGS, FARIDA KHELFA
OU IMAN EM POSES ESCULTURAIS AO LADO DO CRIADOR, COMO UM TRASGO TRAVESSO,
VESTIDO DE PRETO, ANINHADO OU ENCOSTADO A ELAS?
TORNOU-SE PARA ELAS UM CONFIDENTE OU GURU, TRATANDO-AS COM O RESPEITO E A CONSIDERAÇÃO
NASCIDOS DA ADMIRAÇÃO OU DA GRATIDÃO. ATRAVÉS DELAS, PODEMOS DESCREVER
A MULHER ALAÏA: ATIVA, MODERNA, FEMININA, EXULTANTE, SEGURA DE SI,
USANDO O SEU CORPO E A SUA ROUPA COMO FERRAMENTAS SUPREMAS.

SE HOJE ELE É ACLAMADO EM TODOS OS QUADRANTES, INCLUINDO OS SEUS PARES - FACTO RARÍSSIMO
NESTE MEIO - SE OS MERCADOS, UM A UM, SE LHE ABREM, NUM DESENVOLVIMENTO
GLOBAL, O PERSONAGEM PERMANECE DISCRETO, MISTERIOSO, QUASE INACESSÍVEL, E OS SEGREDOS
DO SEU SUCESSO ESCONDEM-SE NUMA TRAJETÓRIA SINGULAR E PROFUNDAMENTE ATÍPICA.
É QUE ALAÏA NUNCA ADERIU ÀS MATRIZES, AOS RITMOS E AOS ENCONTROS
DO MUNDO DA MODA: REALIZOU UM TRAJETO SOLITÁRIO, SEM COMPROMISSOS.
TUDO COMEÇA POR UMA GESTÃO MUITO PRÓPRIA DO TEMPO.

"HÁ QUEM DIGA QUE VIVO CONFUNDIDO COM A CRONOLOGIA.
SOU CAPAZ DE COMEÇAR UM VESTIDO OU UM CASACO NUM DETERMINADO ANO E TER A SENSAÇÃO
DE ACABÁ-LO DEZ ANOS MAIS TARDE, OPONDO-ME AO RITMO SUPERFICIAL
E AOS CONSTRANGIMENTOS DAS 'ESTAÇÕES
'."

SE ALAÏA É ESSENCIALMENTE ATÍPICO, É-O TAMBÉM NA GESTÃO ORIGINAL
QUE FAZ DAS RELAÇÕES DE TRABALHO. NO ESPAÇO QUE ESCOLHEU, NAS TRASEIRAS DO HÔTEL DE VILLE,
UM ENORME ARMAZÉM CONSTRUÍDO NO SÉCULO XIX, TRABALHA COMO NUM ALTO FORNO,
DIA E NOITE, COMO UM ARTESÃO OBSESSIVO.

"Na alta costura, o que me interessa acima de tudo, é o corte.
Na Escola de Belas-Artes, no curso de escultura, ensinavam-nos a andar
de roda do modelo. É sempre necessário andar de roda do modelo
."

COM O SEU DEDAL, ALFINETES E RÉGUAS, AFINA O CORTE E ANDA DE RODA DO SEU MODELO, NUMA
CELEBRAÇÃO DO BELO. HÁ ANOS QUE ESTE ESPAÇO INDUSTRIAL, BANHADO PELA LUZ QUE ENTRA
POR UM GRANDE TETO DE VIDRO, ONDE TÊM LUGAR OS DESFILES, SERVE SIMULTANEAMENTE DE ATELIER,
CASA PARTICULAR, LOJA, HOTEL E ATÉ GALERIA DE ARTE. É UM CENTRO DE PERMANENTE ATIVIDADE
DAS PESSOAS QUE LHE SÃO MAIS CHEGADAS: ASSISTENTES, COLEGAS, AMIGOS, COLABORADORES,
CLIENTES. REUNINDO PESSOAS DE TODAS AS IDADES E CULTURAS, COMO NUMA VERDADEIRA TORRE
DE BABEL, NUMA HETEROGENEIDADE FELIZ, É AÍ QUE FUNCIONA A TEMPO INTEIRO UMA ESTRANHA
INSTITUIÇÃO DE MODELO PERFEITAMENTE DEMOCRÁTICO, UNIDA EM TORNO DE ALGUNS PRINCÍPIOS
ESSENCIAIS, COMO A INTEGRIDADE E A EXCELÊNCIA.

NO ENTANTO, NÃO SE APREENDERIA O SENTIDO PROFUNDO DESTE ESPAÇO SINGULAR
SE NÃO SE TIVESSE CONSCIÊNCIA DA IMPORTÂNCIA DA SUA DIVISÃO CENTRAL, A COZINHA,
VERDADEIRO CORAÇÃO DESTA COMUNIDADE EM QUE, TODOS OS DIAS, COMO UM RITUAL
À HORA DO ALMOÇO, A EQUIPA DE “MONSIEUR ALAÏA” SE SENTA COM ELE À GRANDE MESA
RETANGULAR DE VIDRO, RODEADA DE CADEIRAS BRANCAS DE MALLET-STEVENS,
NO RÉS-DO-CHÃO DA SUA CASA-FÁBRICA.
SENTADO À CABECEIRA DA MESA, AZZEDINE ALAÏA COLOCA O CONVIDADO DE HONRA À SUA DIREITA
E APRESENTA-LHE OS CONVIVAS UM A UM, INDICANDO AS SUAS FUNÇÕES.
OS ALMOÇOS SÃO BREVES E CADA UM DESAPARECE RAPIDAMENTE PARA RETOMAR AS SUAS TAREFAS.

QUANTO AOS JANTARES À NOITE, A HISTÓRIA É OUTRA POIS ALAÏA ABANDONA TODOS
OS TRAÇOS DO CRIADOR TODO-PODEROSO, ISOLADO NA SUA TORRE DE MARFIM.
PASSA A SER UM HOMEM DE CONTACTOS E INTERAÇÕES. ACIMA DE TUDO,
ADMIRA OS CRIADORES CONTEMPORÂNEOS - ESCRITORES, PINTORES, DESIGNERS, MÚSICOS,
DANÇARINOS, REALIZADORES, ACADÉMICOS E CIENTISTAS -,
ALIMENTANDO-SE DO SEU CONTACTO, REVIGORANDO-SE COM A SUA ENERGIA
E DEIXANDO-SE ARRASTAR PARA O SEU MUNDO.

ASSIM, O ESPAÇO DA COZINHA DE AZZEDINE ALAÏA TORNA-SE PROGRESSIVAMENTE,
NO CORAÇÃO DA CAPITAL, NUM LUGAR DE ENCONTROS MÁGICOS, AQUILO QUE,
NA GRANDE TRADIÇÃO FRANCESA, SE DESIGNA POR "UMA TERTÚLIA".

Voltar ao início da página